NEC inaugura sexta exposição do projeto Transversalidade na Arte | ACIRP


20/05/2018

NEC inaugura sexta exposição do projeto Transversalidade na Arte

A técnica de pintura Naif e a fotografia digital se unem na nova exposição do Espaço Cultural Iguatemi, Do Rupestre ao Niépce/Russel. A nova mostra reúne quatro artistas plásticos e um fotógrafo que produziram obras exclusivas para este ciclo, que será aberto na quinta-feira, dia 17, no Shopping Center Iguatemi São José do Rio Preto. 

“O público vai encontrar obras individuais dos artistas plásticos que utilizam a técnica Naif em seus trabalhos, além de peças em que fizemos a transversalidade entre a minha arte – fotografia digital – e a pintura”, conta Valdecir Gerotto, fotógrafo que integra o grupo de artistas que assina esta mostra inédita.

A inspiração dos artistas Olinda da Silva, Antônio Anjo, Rodrigo Silva e Terezinha Bília na composição das obras foi exatamente a experimentação de utilizar as fotografias de Gerotto como base para as peças. “O estilo Naif, que se origina nas pinturas rupestres, e a fotografia digital, que só emergiu a partir de 1957, nesta exposição, serão mescladas em obras únicas”, completa Gerotto. 

O título da exposição – Do Rupestre ao Niépce/Russel – vem da combinação das técnicas e da origem delas. Isto é, rupestre refere-se à arte Naïf, sinônimo de arte ingênua, primitiva e art brüt (arte bruta) produzida por autodidatas no campo das artes ao apresentar, de maneira expressiva e autêntica, sua imaginação criativa. A pintura Naïf liga-se ao Salão dos Independentes, de 1886, em Paris, com exibição de trabalhos de Henri Rousseau, conhecido como "Le Douanier", que se torna o mais célebre dos pintores Naïfs. 

Já Niépce e Russel remetem aos “criadores” da fotografia: Joseph Nicéphore Niépce, que registrou a primeira imagem em 1826 (uma gravura do século XVII, mostrando um homem puxando um cavalo) e Russell Kirsch, que digitalizou, vários anos antes do aparecimento da câmara digital, uma fotografia de seu filho aos três meses, em 1957. Segundo Gerotto “somente com a descoberta da imagem digital foi possível unir a pintura Naïf com a pintura digital, usando imagens obtidas fotograficamente”, explica.

A exposição é mais uma etapa do projeto Transversalidade na Arte, uma parceria entre o Núcleo de Economia Criativa da Acirp e o Shopping Center Iguatemi São José do Rio Preto, com o propósito de mostrar que é possível levar arte para todos, por meio de atividades multiculturais acessíveis. Esta será a quinta mostra deste ano no Espaço Cultural Iguatemi. O objetivo do projeto é reunir várias manifestações artísticas em um só espaço, promovendo o encontro das artes. 

A visitação é gratuita e segue até o dia 6 de junho, sempre durante os horários de funcionamento do shopping, no Espaço Cultural Iguatemi, que fica no Piso Superior.